Por Leonardo Ramos

Usabilidade. O tempo vai passando e a tecnologia vai evoluindo para trazer essa palavra cada vez mais para perto das nossas rotinas. É ela que garante mais facilidade no manuseio dos equipamentos que utilizamos em todos os lugares. Assim, elevadores são uma solução da engenharia para garantir acessibilidade, o layout dos carros proporciona conforto e segurança no nosso deslocamento, as funções de um micro-ondas contribuem positivamente para as tarefas da cozinha e a usabilidade no e-commerce agiliza rotinas de compras que antes costumávamos levar horas para resolver.

Por falar em e-commerce, é importante lembrar que ele sozinho não traz consigo de forma natural esse conceito. Comprar pela internet pode até ser uma facilidade proporcionada pela tecnologia, mas para satisfazer o seu público-alvo é preciso de mais do que apenas uma loja virtual. Para que haja credibilidade e atratividade, o visitante da página não pode encontrar barreiras ao navegar pelo seu site.

Basta ver que tudo o que apontamos como exemplo de tecnologia com boa usabilidade segue o princípio de garantir facilidade de forma prática e ágil. Se o seu e-commerce tem imagens pesadas demais e vídeos em full HD logo na home, quando o usuário acessá-lo pode ter dificuldade de visualizar os elementos. Pode até ficar bonito, mas, ao demorar para carregar, ele vai desistir. Logo, você não vai vender.

E não só isso! Se ele tiver dificuldades em encontrar o que quer, se a pesquisa não estiver funcionando, se os produtos não tiverem informações suficientes ou se a quantidade de etapas até o fechamento da compra for muito grande, ele vai procurar em outro lugar.

Considerando essa realidade é que precisamos ficar atentos aos conceitos de usabilidade no e-commerce. Tratam-se de tópicos fundamentais de serem observados na hora de pensar uma página de internet, seja em uma loja virtual ou em um blog, por exemplo

Os conceitos de usabilidade segundo Jakob Nielsen:

Os conceitos de usabilidade são requisitos que ajudam a desenvolver um espaço que atenda às expectativas do usuário. Quer dizer, não pode ser um quebra-cabeça. Os clientes não estão no seu site para resolver um jogo de memória. Então, temos que estar atentos a alguns elementos cruciais para não errarmos. Só assim conseguiremos caminhar para os melhores resultados.

É importante dizer que esses conceitos não foram inventados do nada. Eles foram sintetizados por um cara chamado Jakob Nielsen, conhecido como o pai da usabilidade. Ele é o criador das 10 Heurísticas de Nielsen, que resumem os atributos fundamentais para alcançar a usabilidade ideal.

Contudo, resumimos as dez heurísticas em 5 tópicos que retratam muito bem tudo o que esse especialista na área quis ensinar para a gente. Veja só:

#1 Facilidade de aprendizagem:

É só pensar: não é interessante como costumamos usar aplicativos para o celular que nunca tivemos nenhum contato e mesmo assim conseguimos navegar por eles sem grandes dificuldades? Isso é o que deve ser buscado em um e-commerce.

As pessoas têm de explorar o conteúdo do seu site com base, podemos dizer, em fórmulas já prontas e que facilitem a compreensão de onde elas querem ir para executar as ações necessárias, como conhecer detalhes de um produto ou entrar em uma página específica.

Sobre essas fórmulas, um exemplo é o padrão estabelecido para desenvolvimento do layout de um site. Como, no ocidente, lemos da esquerda para a direita e de cima para baixo, é relevante que essa ordem seja respeitada para que a pessoa assimile o conteúdo e os itens mais importantes com mais rapidez.

#2 Facilidade de relembrar:

Esse aspecto está bem conectado com o item anterior. Para entendermos exatamente, é como aprender a andar de bicicleta. Uma vez que você aprende, dizem que é impossível esquecer. Qualquer bike, de qualquer modelo, que você se arriscar a pedalar vai funcionar muito bem. Isso porque você lembra como faz. Um site precisa ser fácil do mesmo jeito.

Porém, um cuidado importante: ser fácil de relembrar não significa ser didático ao extremo. Elaborar uma interface muito explicativa pode acabar cansando usuários mais experientes e até mesmo as pessoas que interagem menos com ambientes virtuais, mas que entram na sua loja com certa frequência.

#3 Eficácia e eficiência:

A eficiência, neste caso, está dentro da eficácia. Ela diz respeito ao desenvolvimento de formas alternativas e práticas de resolver determinada questão por usuários mais experientes. Explicando melhor: é interessante quando existem diferentes caminhos para resolver uma mesma questão.

Quando, ao explorar o seu site, alguém mais familiarizado com o ambiente on-line descobre uma forma diferente de interação, a sensação é extremamente positiva. O objetivo é causar o efeito “wow!”, ou seja, fazê-lo refletir: “Nossa! Como não pensei nisso antes?”.

#4 Erros:

Cuidar com os erros é um princípio fundamental. Contudo, inevitavelmente eles vão ocorrer. Informar o erro ao usuário também faz parte de um cuidado com a usabilidade. Essa comunicação precisa ser feita de modo amigável, para não assustá-lo. Não pode ser intimidadora e também não pode fazer com que ele se sinta um tonto por não conseguir executar uma ação simples.

O passo seguinte, claro, é entender o que levou a esse erro e consertá-lo.

#5 Satisfação:

Trata-se de um conceito um tanto subjetivo, mas temos que concordar que é o objetivo de qualquer pessoa que tenha um e-commerce, não é verdade? Neste caso, a usabilidade no e-commerce está a serviço da facilidade do usuário em encontrar determinado produto. Para tanto, é importante uma boa arquitetura de navegação e ferramentas inteligentes para sugerirem adequadamente os resultados da busca.

Além disso, muita atenção à linguagem: formalidade demais não combina com a web. Esteja próximo do seu público. Torne a leitura envolvente e atrativa. Permita que ele goste de estar navegando em seu site. O texto contribui muito para essa experiência, que gera uma satisfação em explorar o e-commerce com mais entusiasmo.

Por que se preocupar com a usabilidade no e-commerce?

Se em uma loja física o atendimento é tudo para que o consumidor compre, volte a comprar e seja fidelizado, em é a usabilidade no e-commerce que vai garantir isso. Mas antes mesmo de a pessoa encontrar o seu site e ter qualquer experiência ali, o próprio Google filtra os e-commerces que garantam a melhor experiência dos usuários.

De acordo com o site Search Engine Roundtable, se o site demora mais que dois segundos para carregar, ele perde a relevância no buscador do Google, prejudicando o SEO da loja. E é necessário considerar que muitos clientes podem chegar ao seu site com base em pesquisas na internet. Perder essa gigantesca ferramenta de captação do público é o primeiro passo para os seus negócios sentirem dificuldades.

E o que é preciso buscar em uma plataforma para garantir usabilidade no e-commerce?

Falando de maneira sintética, basicamente a plataforma precisa garantir facilidade, uma palavra que temos repetido bastante aqui. Assim, é importante que ele não tenha problemas em relação ao pagamento online da compra.

Ele precisa sentir segurança nessa transação financeira e, algo que é importante tanto para sua loja quanto para o cliente, o fechamento do carrinho de compras precisa passar pelo mínimo de etapas possíveis. Para você, garante uma diminuição na taxa de desistências. Para o consumidor, evita burocracia na hora de comprar.

Ao fornecer um ambiente seguro e com todos os atributos para que a navegação seja simples e prática, sem dúvidas os seus resultados serão muito melhores. E as chances do seu cliente voltar, recomendar a sua loja e lembrar de você na hora em que precisar de um novo produto serão muito maiores.

Então, leve essas dicas de usabilidade no e-commerce para o seu negócio. Pense hoje mesmo em como você pode melhorar a usabilidade no e-commerce e conte com a gente para que esse processo ocorra da maneira mais eficaz possível. Qualquer dúvida, entre em contato conosco ou deixe o seu comentário abaixo!

Para qualificar ainda mais nossa conversa, deixamos aqui um e-book bastante útil para ajudar você a pensar a usabilidade na sua loja virtual e a experiência do seu cliente. É o Guia de UX para aumentar as conversões no seu e-commerce. Faça o download gratuito agora mesmo e aproveite esse conteúdo que selecionamos para você:

usabilidade no e-commerce - ebook

Comentários