Como um sistema ERP pode auxiliar na gestão de estoque e logística na Black Friday

Entre as medidas de organização do e-commerce para a Black Friday, uma das maiores campanhas de vendas do ano, gerir o estoque e controlar as integrações logísticas através de um sistema de gestão unificado é uma das estratégias que auxiliam o lojista a organizar a operação e a pensar na campanha de forma inteligente, focando na experiência do cliente.

A gestão do estoque feita de forma correta, evita excessos e falta de produtos no estoque, evitando perdas nas vendas. Quando as informações ficam centralizadas em um único canal, também é possível organizar a loja para a venda em múltiplos canais, facilitando a gestão e integrações aos marketplaces e também aos parceiros logísticos.

O sistema de gestão ERP auxilia desde a inserção de novos produtos no estoque ao acompanhamento do status de pedidos de venda. Todo o fluxo operacional fica organizado, agilizando os processos e ganhando tempo e eficiência na rotina diária.

Confira 3 motivos para utilizar o ERP na gestão de estoque e logística:

#1 Maior controle e giro de estoque:

É preciso estar atento ao estoque, ele diz muito sobre o seu negócio. O giro de produtos é um sinal de que as escolhas de produtos para venda estão agradando o cliente e que ele está chegando até o seu canal para efetivar suas compras. Produto parado em estoque significa capital de giro parado e isso não é bom para o negócio. Nesta época que antecede a Black Friday, é preciso verificar os produtos em estoque para fazê-los girar na campanha de vendas. O sistema de gestão é responsável por manter o estoque atualizado com as vendas de todos os canais, mantendo o empreendedor informado quando produtos estão em falta ou sobrando em estoque.

#2 Organização interna:

É importante registrar tudo o que entra e sai da empresa para ter diagnósticos com relação às campanhas de venda, sucesso ou pouco giro do produto, manter prazos de validade em dia, entre outros cuidados. Além de controlar o estoque, o ERP também também permite a emissão de notas fiscais eletrônicas, a geração de boletos bancários e de cobranças e de propostas comerciais.

#3 Logística Integrada

Engana-se quem pensa que a logística é somente a entrega do produto ao cliente. O processo começa ainda o estoque, englobando desde o processo de armazenagem, seleção de pedidos, preparo do produto e transporte. É uma grande operação. O espaço de armazenagem deve primar pela qualidade do estoque e com organização fica fácil a visualização dos produtos e suas especificações. Isso contribui para a etapa de separação do produto, que deve ser feita com atenção para não errar no pedido do cliente, como modelo, tamanho ou outras especificações.

A embalagem deve ser feita com cuidado em material adequado e exclusivo para cada tipo do produto. Isso para que a entrega chegue em perfeito estado ao cliente. O ERP também é fundamental para fazer integrações logísticas, a fim de ter parceiros responsáveis em casos de problemas com o transporte. A transportadora deve oferecer os serviços de rastreamento e escolta das cargas, já que é um fator importante para que o produto chegue até o consumidor com segurança, evitando problemas para o e-commerce. Através do sistema de gestão é possível gerenciar os seus envios

Benefícios da Logística Integrada:

Utilizando um gateway de fretes integrado a um software de integração logística, é possível fazer cotações de serviços de transporte, definir qual transportadora irá realizar a entrega e acompanhar todo o processo com maior praticidade. Entre os maiores benefícios de ter a logística integrada estão:

  • Planejamento eficiente
  • Cotação de preços e prazos de frete
  • Controle de entrega de produtos
  • Redução de custos
  • Otimização de tempo

Integração para vender mais

Com tantos novos sellers no mercado de e-commerce, a Black Friday é além de uma oportunidade também um grande desafio. A experiência de compra deve ser pensada em todas as suas fases, pensado na jornada de compra desde a pesquisa até a entrega do produto.

É importante que o lojista conheça o perfil do seu cliente para engajar ele nas melhores estratégias de venda e conectar desejo de compra e os produtos à venda. O sistema de gestão ERP online auxilia na integração dos processos e estabelece organização e cuidados internos, fazendo com que o empreendedor possa ter tempo para pensar no negócio de forma criativa, não somente cumprir tarefas automáticas. Se ainda não é cliente Bling, utilize o cupom #wirecard, faça um teste grátis por 90 dias e confira na prática os benefícios de utilizar um sistema de gestão ERP que trabalha em favor do seu negócio.

Logística na Black Friday: Entenda a influência e como usá-la a seu favor

Em 2019, a Black Friday se consolidou como a principal data sazonal para o e-commerce brasileiro, faturando R$ 3,21 bilhões, superando o Natal, que somou R$ 2,60 bilhões. Esse é um bom resultado, porém, traz inúmeros desafios para os lojistas, como lidar com a questão das entregas. Por isso que falar sobre a logística na Black Friday e como usá-la a favor do negócio se torna um assunto obrigatório nessa época do ano. 

Especialmente porque, segundo uma pesquisa realizada pela empresa de transportes e entregas global UPS, uma das principais razões para o consumidor abandonar o carrinho de compras é o tempo de entrega muito longo e o frete muito caro. Então, nada mais estratégico do que reverter essa situação e usar a logística como um diferencial para conquistar e fidelizar os clientes, certo?

E só para esclarecer, o processo logístico não se resume à expedição e entrega do pedido. Ele tem início bem antes. Falando especificamente da logística na Black Friday, podemos dizer que começa lá no planejamento das ações para a data promocional, quando você decide em qual mix de produtos seu e-commerce vai apostar como linha principal, se será necessário repor o estoque ou não e daí por diante.

O processo final, aquele em que a mercadoria é embalada, colocada no caminhão e entregue ao cliente, é só o encerramento do ciclo. É claro que se trata de uma etapa extremamente importante, pois é a que causa a real satisfação ao consumidor. No entanto, ela só vai ocorrer do modo certo se tudo o que vem antes for organizado com eficiência.

Com base nisso, listamos algumas dicas para você aproveitar a logística como uma oportunidade de melhorar os resultados do seu negócio na Black Friday. Siga com a gente e avalie o que faz mais sentido para o seu e-commerce!

Como usar a logística na Black Friday a favor do seu negócio

Diante de tudo o que falamos até aqui, você já percebeu que não pode deixar os processos logísticos de lado durante o planejamento das ações e a organização do seu negócio para a Black Friday, certo? Por isso, elencamos diversas recomendações que têm a logística sempre presente, às vezes como protagonista — às vezes como coadjuvante — para você entender na prática como ela pode influenciar os resultados do seu negócio. Confira!

1 – Faça o planejamento das suas vendas

Para aumentar o lucro do seu e-commerce, você vai precisar se planejar, não há outro caminho. Por isso, não deixe para resolver tudo nas vésperas do dia 27 de novembro. Comece o quanto antes! Nesse período de organização, foque suas energias em estruturar a equipe e o estoque, rever as condições dos canais de venda e investir em campanhas de divulgação sobre o que o seu negócio está preparando para a Black Friday.

Para facilitar alguns processos, você pode usar o histórico de vendas para analisar quais são os produtos mais procurados e os mais vendidos para explorar durante o período promocional, pois eles têm maior potencial para a lucratividade. Aqui também é o momento de fazer os cálculos para definir quais mercadorias terão descontos, de quanto serão e como vão ser aplicados.

Não esqueça de planejar as compras e negociar preços e condições com os fornecedores, afinal, não adianta nada ter uma super estratégia de vendas, com campanhas de marketing rodando em vários lugares, se na hora de fechar negócio o produto não estiver disponível, não é mesmo? E, claro, organize a logística para que não haja falhas na expedição e entrega. Nada pior para o consumidor do que esperar por sua mercadoria em um determinado dia e ela não chegar.

Com um planejamento bem feito, os outros passos ficam um pouco mais fáceis. Porém, isso não significa que eles devem ser realizados de qualquer jeito. Pelo contrário: quanto mais dedicação, melhores serão os resultados.

2 – Controle o seu estoque

Uma etapa fundamental na organização da logística na Black Friday é fazer o controle de estoque. Como se espera uma velocidade alta de vendas, é necessário ter em mãos um inventário completo antes da data para analisar as quantidades exatas que a empresa possui de cada item. Com isso e as informações levantadas no planejamento, o setor de compras saberá o que é preciso repor e o prazo que tem para fazer os pedidos. 

Toda essa análise de dados e a organização minuciosa são essenciais para ter sucesso na Black Friday, já que as informações estudadas contribuem para reduzir os riscos de faltar ou sobrar produtos no estoque.

3 – Tenha frete e prazos bem estabelecidos

Nunca deixe para pensar no valor do frete e nos prazos de entrega na última hora. Lembre-se que assim como o seu e-commerce está se preparando para a Black Friday, as outras lojas virtuais e as próprias empresas transportadoras também estão. Tirando os Correios, que tem uma tabela padrão, com todos os outros serviços de entrega você pode negociar as melhores condições para oferecer aos seus clientes.

Batemos nessa tecla porque é muito comum que os consumidores se sintam enganados por falsas promoções neste período. Então, apresentar um frete dentro da realidade e um prazo razoável junto com uma boa oportunidade de compra pode ser o incentivo final para o fechamento de uma venda.

Por esse motivo, deixe tudo planejado e acordado com as empresas transportadoras para que o seu negócio não tenha prejuízo quando o assunto for o transporte de mercadorias. Uma última dica aqui é sempre estipular um prazo com folga, assim, evita-se o risco de atrasos e reclamações. E se o produto chegar antes na casa do cliente, você ainda sai ganhando, pois conquista sua confiança e satisfação.

4 – Prepare sua loja para a alta demanda

Essa preparação começa lá na infraestrutura do e-commerce, que precisa suportar o aumento de acessos e sustentar esse volume, se necessário, ao longo de todo o período promocional, e vai até a logística, que tem que estar preparada para atender pedidos nos mais variados cantos do país, inclusive locais onde nunca tenha chegado antes.

Faça um treinamento específico com toda sua equipe, do suporte ao atendimento, da pré-venda ao pós-venda, afinal, estamos falando da principal data do comércio, o que já exige um tratamento especial. E como nosso foco é a logística na Black Friday, garanta que os responsáveis por estoque, expedição e transporte estejam preparados para essa maratona de vendas e assegure que eles tenham as melhores ferramentas para trabalhar.

5 – Deixe a área de transportes organizada

Quando falamos em assegurar as melhores ferramentas para a área de transportes, estamos falando especificamente da frota. Se o seu e-commerce possui logística própria, esse é o momento de verificar as condições e realizar a manutenção dos veículos que farão seus produtos chegarem até seus clientes. Essa é a maneira de garantir que os pedidos serão atendidos dentro dos prazos.

Caso a logística na Black Friday seja terceirizada, como já falamos, você precisa se apressar para negociar com as empresas transportadoras. Porém, não deixe a pressa lhe empurrar qualquer parceria. Escolha aquelas que fazem entregas com segurança e não têm medo de investir em tecnologia, como rastreamento e monitoramento de cargas. Os consumidores gostam de saber onde suas mercadorias estão e oferecer esse serviço pode ser um diferencial.

Conte com a Wirecard para ter sucesso na Black Friday

Reconhecer a importância da logística na Black Friday como ferramenta para a conquista e fidelização de clientes, bem como para a melhora dos resultados, é o primeiro passo para transformá-la em um processo organizado e produtivo. Seguindo as nossas dicas, com certeza você chegará ao dia 27 de novembro preparado para enfrentar os desafios desta data tão importante para o calendário comercial brasileiro.

No entanto, não esqueça das outras áreas do seu comércio eletrônico, como as soluções de pagamento. E para isso, conte sempre com a Wirecard! Nós temos as melhores soluções para ajudar você a preparar o seu e-commerce para a Black Friday 2020. Contamos com um sofisticado sistema de gestão de risco e antifraude com análises automática e manual, além de uma ferramenta de checkout transparente que pode aumentar as conversões da sua loja online em até 30%.

Para conhecer melhor o nosso sistema, basta acessar este link. Esperamos que o artigo ajude você a preparar o seu e-commerce para a Black Friday 2020 e, qualquer dúvida, já sabe: entre em contato com a gente! Nossa equipe está pronta para atendê-lo e responder todos os seus questionamentos.

Logística no e-commerce: veja como otimizá-la

Diante de um cenário digital cada dia mais competitivo, manter seus clientes fiéis pode não ser uma tarefa tão simples, ainda mais quando pensamos em encantar consumidores tornando-os advogados e promotores da marca. Uma das etapas para atingir esse objetivo é garantir uma boa logística no e-commerce, que ofereça uma fidelização dos seus clientes. Assista essa palestra online que ensina como otimizar a logística do seu site!

Estima-se que uma cartela de clientes fidelizados pode ser responsável por mais de 65% do volume de vendas de uma empresa, sem contar que o custo de manutenção de um cliente retido é quase três vezes menor que o total de investimentos para captar novos consumidores. Deu pra perceber que a logística no e-commerce está altamente relacionada ao desempenho de vendas de um e-commerce, certo?

Quer entender melhor o papel da logística no e-commerce e na fidelização dos clientes? Veja esses tópicos abaixo!

A logística e o encantamento

Responsável por aproximadamente de 8% a 12% das despesas, o processo logístico corresponde a um dos maiores pontos de atenção entre empreendedores online. Isso porque se trata de um momento decisivo na construção da experiência positiva de compra e confiança dos consumidores.

Para compreender o papel da logística no e-commerce e na fidelização dos clientes, é necessário partir do princípio que todo o processo funciona como um ciclo, que deve estar muito bem estruturado, antes mesmo do primeiro contato do consumidor com a empresa. Uma gestão de logística bem-sucedida pode ser a chave na fidelização e propagação da empresa pelos próprios consumidores.

Estoque

É necessário avaliar o nível de confiabilidade da cadeia logística, compreender a capacidade de cada fornecedor durante a entrega e fabricação dos produtos oferecidos.

Ofertar produtos que podem não estar disponíveis para entrega, por exemplo, se torna um risco grave capaz de denegrir a reputação de qualquer negócio.

Uma questão importante e diretamente relacionada a uma boa gestão de estoque é o controle do fluxo de caixa. A reposição desnecessária de produtos esquecidos no estoque pode onerar o capital de giro e negativar as movimentações financeiras.

Armazenagem

Para alinhar a produção e definir os preços dos produtos é necessário, antes, um local de armazenamento. Essa organização deve ser feita no planejamento anual, com revisões periódicas considerando aspectos mercadológicos e sazonais.  Empreendedorismo / Gestão / Logistica / Relacionamento / Experiência do cliente

Separação e envio

Essa etapa da logística no e-commerce deve ser analisada e acompanhada diariamente, tendo em vista diferentes variáveis. Cada detalhe deve ser acompanhado minuciosamente para evitar erros humanos.  Independente da operação ser interna ou terceirizada, a responsabilidade de atendimento será sempre do lojista.

Entrega

A entrega dos produtos se torna a parte mais complicada, porque o lojista não tem muita autonomia nesse processo. Alguns pontos devem ser avaliados antes de montar a sua operação:

Distância

O tempo gasto entre a sua empresa e a transportadora deve ser levado em consideração e incluídos dentro do plano estratégico e do tempo necessário para entrega.

Qualificações

Escolha transportadoras com reputação positiva, nível de qualidade, processos claros e tecnologia de rastreamento.

Prazo de entrega

Quanto menor o prazo de entrega oferecido aos seus consumidores, maior as chances de aumentar as conversões no seu e-commerce.

Restrição de serviços

Se você trabalha com produtos específicos, fique atento! Algumas transportadoras não enviam algumas mercadorias. Os correios, por exemplo, não aceitam carga viva e produtos perecíveis.

Dimensões do produto

Fique de olho no peso e tamanho dos seus produtos. No Sedex, o peso máximo estabelecido é de 30kg. Já no PAC esse número sobe para 50kg. Vale destacar também que os correios disponibilizam 7 tipos de caixas. Se o seu produto for maior que todas as opções de embalagens fornecidas, o envio será recusado.

Conhecer o papel da logística no e-commerce e na fidelização dos clientes é o primeiro passo não só para reduzir os custos da empresa, como também, ajudar na avaliação da mesma diante do mercado. Um cliente satisfeito não só volta a comprar, como indica o serviço a outras pessoas.

Lembre-se: o “boca a boca” ainda é uma das ferramentas mais valiosas para qualquer lojista. Deixe seu comentário e participe da conversa.

Aprenda técnicas para vender mais no e-commerce. Baixe o nosso e-book gratuito!

e-book-como-vender-mais-em-seu-e-commerce-og