Por André Oliveira

Que o e-commerce brasileiro está em ritmo de crescimento não é novidade ― a previsão é de que, em 2018, o faturamento chegue a R$ 69 bilhões, 15% a mais do que no ano anterior, segundo a ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico). Porém, mesmo em um cenário positivo como o atual, é preciso investir em ferramentas que ofereçam o melhor atendimento aos clientes, como o split de pagamento para marketplace.

Para se ter ideia, de acordo com a pesquisa E-commerce Radar 2017, 31,5% das vendas efetuadas no comércio eletrônico brasileiro ocorre por meio dos marketplaces, que garantem benefícios aos lojistas, compradores e ao próprio administrador da plataforma.

Isso porque eles funcionam como um shopping center em ambiente digital: reúnem lojistas com o mesmo nicho, ou ainda de nichos diferentes, em um mesmo espaço, otimizando a experiência de compra e venda.

Assine nossa newsletter e junte-se a milhares de empreendedores!



 

Pensando no crescimento deste segmento, neste artigo vamos falar sobre as oportunidades geradas pelo marketplace e de que forma um split de pagamento pode melhorar a experiência de todos os usuários nesse canal de vendas. Acompanhe!

Crescimento e benefícios dos marketplaces

Os benefícios dos marketplaces para lojistas, compradores e administradores têm alavancado o crescimento dessa plataforma. Segundo o Panorama dos Marketplaces no Brasil, no segundo trimestre de 2017, o número de varejistas que passou a ofertar produtos nos marketplaces aumentou 32,1% em relação ao trimestre anterior.

Em alguns segmentos, as vendas efetuadas a partir desses canais mostram ainda mais a sua relevância para o comércio eletrônico. Conforme o estudo E-commerce Radar 2017, no setor de cama, por exemplo, 51,2% dos pedidos foram feitos por meio de marketplaces. Os setores de materiais artísticos (48,5%), ferramentas (47,9%) e pet shop (47,2%) também reforçam esse panorama.

Mas, é claro, para obter bons resultados, o marketplace precisa contar com uma base equilibrada de usuários, tanto lojistas como compradores, para atrair cada vez mais pessoas aoo negócio. É uma matemática simples: quanto mais compradores, mais vendedores e quanto mais vendedores, mais compradores. A indicação é que haja proporcionalidade nesse número. Nada adianta ter muitos vendedores e poucos compradores ou vice-versa.

Desse modo, esse canal de vendas traz benefícios para todos os usuários envolvidos. Veja:

#1 Para os lojistas:

A principal proposta de valor dos marketplaces para um lojista é o aumento da visibilidade. Se em seu site próprio, caso já tenha um, ele recebe mil visitas por mês, em um marketplace é muito provável que esse número cresça. Assim, mesmo pequenas empresas, por vezes desconhecidas, ganham credibilidade e confiança ao marcar presença em um marketplace.

Além disso, o lojista também reduz os gastos em relação à administração de alguns processos. O marketplace se responsabiliza por toda a gestão de pagamento, por exemplo, o que inclui a análise de risco contra fraude e a cobertura das taxas cobradas pelas operadoras de cartão.

Outra vantagem é que a plataforma mantém a autoridade do SEO (Search Engine Optimization) e também investe em estratégias de marketing, apresentando os produtos do vendedor em uma vitrine capaz de aumentar a conversão de vendas.

#2 Para os marketplaces:

Investir na compra de estoque, se preocupar com sua armazenagem e toda a logística da entrega de produtos aos compradores costuma onerar tempo, dinheiro e equipe. O fato de os lojistas se responsabilizarem por todas essas etapas faz com que o custo de operação seja diluído e a monetização seja garantida.

#3 Para o comprador:

Imagine a possibilidade de encontrar tudo o que precisa em um só lugar, com diferentes opções de pagamento e um vasto portfólio de produtos e preços! Essa é a vantagem dos marketplaces para os compradores.

Nesses espaços, eles podem comparar os preços de produtos semelhantes e até mesmo comprar mercadorias de nichos totalmente diferentes sem sair da plataforma. E com o split de pagamento para marketplace é possível pagar por todas as compras de uma só vez.

Split de pagamento para marketplace

Quando se fala em marketplace, é comum que os usuários dessa plataforma tenham dúvidas sobre como receber o pagamento online e qual é o melhor meio de pagamento para utilizar neste tipo de e-commerce. Afinal, se são vários lojistas comercializando seus produtos em um mesmo espaço, como é possível gerenciar toda a parte financeira de um negócio como esse?

O split de pagamento, também conhecido como split payment, é uma excelente resposta! Imagine, por exemplo, que com tantas ofertas disponíveis em um marketplace, o comprador acabou com o carrinho cheio de produtos. Porém, de vendedores diferentes. Isso significa que ele terá que pagar todos separadamente?

Com um split de pagamento não! Essa é uma solução que faz a divisão de valores, de forma customizada e automática, no ato da autorização do pagamento entre as partes envolvidas na transação, já deduzindo o percentual determinado inicialmente pelo marketplace.

Assim, ele permite que o consumidor realize um único pagamento, mesmo diante da compra de produtos de diferentes vendedores. Depois, divide esse valor, conforme o preço de cada produto, e, dessa forma, cada lojista recebe o montante referente aos seus artigos.

Nesse sentido, a experiência para o comprador é semelhante a de um e-commerce convencional. O split de pagamento passa credibilidade para quem está comprando porque o cliente faz apenas um pagamento, mas, ainda assim, sabe de quais fornecedores comprou e terá condições de exigir a qualidade dos produtos e questionar, se necessário, o tempo da entrega.

Em contrapartida, o lojista sabe precisamente quais produtos está vendendo e quanto recebe por cada um deles, como se estivesse vendendo em um portal próprio.

Como funciona o split de pagamento

De forma prática, o split de pagamento funciona assim: o cliente realiza a compra em uma ou mais lojas presentes no marketplace. Diante da autorização do pagamento pela administradora do cartão de crédito ou banco, o split de pagamento faz a divisão dos valores de acordo com a regra determinada pelo próprio marketplace, no momento da contratação do serviço.

O marketplace recolhe seu percentual por venda finalizada e repassa o valor excedente ao lojista. Portanto, cabe ao marketplace definir de quem será cobrado o frete pelo envio do produto ao comprador, se do percentual dele ou do lojista.

A indicação é de que o marketplace assuma esse percentual sempre, a fim de atrair, cada vez mais, uma base maior de vendedores. A divisão de valor é automática e os lançamentos são realizados por meio da solução de pagamento para marketplace, sem intervenção manual, reduzindo, dessa maneira, as possibilidades de erro.

A lógica é direta e certeira: encurtando a distância entre o pedido e o checkout, que deve ser o mais simplificado possível, aumenta-se a conversão. Confira alguns benefícios do split de pagamento:

#1 Aumento da taxa de conversão:

Por facilitar o processo de checkout para quem está realizando compras, o sistema de split payment aumenta o número de vendas finalizadas com sucesso. O cliente sente-se mais confortável em comprar com poucos cliques e sem muita burocracia.

#2 Transparência para todos:

Soluções de pagamento para marketplace que oferecem o split de pagamento, como o Moip, contam com um dashboard intuitivo que inclui informações valiosas. O lojista sabe quem está comprando e pode controlar facilmente seus estoques, enquanto o comprador sabe, de forma discriminada, quem são os vendedores.

 

#3 Lançamentos automáticos:

Se os lançamentos de cada venda fossem realizados de maneira manual, o processo seria lento e suscetível a falhas. Por meio do split de pagamento, o processo ganha agilidade e minimiza erros.

#4 Controle dos pedidos:

Com o split de pagamento, o lojista também conta com suporte para a identificação de pagamentos recebidos e de pedidos processados, em andamento ou cancelados.

O split de pagamento no seu marketplace

Ter todas as transações em um dashboard intuitivo torna o gerenciamento do marketplace mais assertivo e dinâmico, pois, assim, é possível identificar sem erros as boas oportunidades de vendas, os parceiros que mais e menos vendem, além de outras informações relevantes para uma rotina menos burocrática.

As funcionalidades agregadas pelo split de pagamento agilizam o trabalho de todos os envolvidos no dia a dia de um e-commerce: compradores, lojistas e marketplace. Para saber mais sobre a importância dessa ferramenta para o marketplace, faça o download gratuito do nosso e-book sobre o tema:

E se você precisa de uma solução completa para receber pagamentos online, entre em contato com nossa equipe e saiba como podemos ajudar o seu e-commerce!

[easy-social-share buttons="facebook,twitter,google,linkedin" counters=1 style="button" point_type="simple" url="https://moip.com.br/blog/o-que-e-split-de-pagamento/" text="Entenda o que é e como funciona o split de pagamento nos marketplaces"]

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *