Por William Franklin

Nem milhares, nem milhões: o lucro que os e-commerces brasileiros tiveram com a última edição da Black Friday no país bateu na casa dos bilhões — 1,6 bilhão, para sermos mais exatos. No entanto, mesmo com números tão impressionantes, não são poucas as lojas virtuais que simplesmente não conseguem segurar todos os acessos em datas tão valiosas. O problema é que tal falha pode fazer com que um visitante nunca mais volte para conferir uma promoção em sua página, mesmo que prometa preços melhores que o da concorrência, por isso a importância da organização nas datas comemorativas no e-commerce.

Mas então como se preparar para encarar grandes volumes de acessos como os que antecedem as datas comemorativas no e-commerce? Como entregar todas as encomendas com um prazo interessante para o cliente? Pois não se preocupe, porque hoje daremos algumas respostas. Então confira:

Dívida e conquiste com o Elastic Load Balancing

Primeiramente vamos falar do fantasma que mais assombra os donos de e-commerce durante aquelas datas com maior fluxo de visitantes: o medo de ver o site cair. Para resolver esse problema, uma solução que tem sido bastante usada nos grandes portais é o Elastic Load Balancing (ELB), um tipo de tecnologia que divide o volume de acessos de uma determinada página para diversos servidores, em tempo real. Assim, um só computador não é mais responsável por dar conta de todas as requisições, que podem ir de uma simples consulta de preço ao carregamento de imagens.

Entenda e use o efeito ROPO a seu favor

Se você vende online, mas também conta com uma loja física, uma boa dica é usar o efeito ROPO a seu favor para tentar alavancar as vendas. Resumidamente, ROPO é uma sigla para Research Online, Purchase Offline (em português, pode ser traduzido como procura online, compra offline), ainda costume de muitos clientes virtuais. E aí qual é a dica para quem também conta com uma estrutura física preparada? Gerar cupons de desconto para serem aproveitados nas lojas online e offline ajudando para alavancar as vendas nas datas comemorativas no e-commerce.

Faça testes A/B em datas de menor acesso

Em outro post aqui do blog, já listamos 5 erros de usabilidade que não podem existir no seu e-commerce. Isso porque tais falhas podem fazer uma grande diferença para as vendas nas datas comemorativas no e-commerce. Como evitá-los? Fazendo testes A/B em outras datas com menos acessos ao longo do ano, a fim de identificar gargalos em tempo suficientemente hábil para providenciar os reparos.

Procure fechar parcerias locais

Só 2 horas: esse é o tempo que a Paytm, uma das maiores lojas virtuais da Índia, gasta para entregar suas compras em algumas cidades do país. E como eles conseguem essa façanha? Com a ajuda de diversos parceiros de entregas e de estoque localizados em pontos estratégicos, que foram sendo mapeados de acordo com as informações sobre acessos de seus clientes. Que tal verificar a viabilidade de contar com esse suporte para seu e-commerce?

Estude as informações de seus acessos e se adapte

Seguindo a ideia da Paytm, gigantes como a Amazon também têm investido na locação (e até compra) de locais de estoque que fiquem mais próximos das áreas onde a empresa tem um maior número de vendas. E por mais que esse tipo de estratégia possa não funcionar para microempresas, pode sim ser adaptada com a locação de pequenos espaços (como containers e até salas mais modestas), desde que fiquem próximos a centros com maior ROI para o negócio.

Viu só como o que não faltam são maneiras de programar as vendas para o grande volume de acessos nas datas comemorativas no e-commerce? Agora que você já sabe como antecipar os movimentos dos seus clientes, que tal colocar tudo isso em prática? E aproveite para ler também o post que fizemos com 6 dicas para aproveitar as datas sazonais no e-commerce! Não fique de fora, assine nossa newsletter e receba todas as novidades diretamente da sua caixa de entrada!

como vender mais

Comentários