Por Regiane Monteiro

Já parou para pensar que quando você vai ao supermercado, geralmente, consegue encontrar facilmente todos os produtos que procura e se dirigir rapidamente ao caixa para realizar o pagamento? Isso costuma facilitar o seu processo de compra. E por mais que isso ocorra no mundo físico e não no virtual, é uma boa ilustração acerca da experiência do usuário.

A experiência do usuário é tudo aquilo que engloba os aspectos de interação do usuário com uma empresa e seus produtos ou serviços.

Sendo assim, se você tem um e-commerce preze por um site simplificado e prático aos usuários, um portal que não desperdice o tempo do visitante com botões mal desenhados, informações mal escritas ou elaboradas e, até mesmo, uma navegação complicada, diferente da que ele está acostumado a encontrar pela internet afora.

Acredite: vale muito a pena gastar um tempinho com o planejamento da experiência que seu e-commerce vai oferecer ao cliente. Quando a experiência do usuário é bem planejada, além de entregar aquele item especificamente buscado em seu e-commerce, você consegue, até mesmo, vender outros produtos que talvez os consumidores nem estivessem procurando.

Como otimizar seu UX

Que experiência seu cliente deseja ter? Essa deve ser a grande pergunta que você deve tentar responder na hora de bolar um bom planejamento de usabilidade e UX para seu e-commerce. E já sabemos, pelo menos em um primeiro momento, o que não se deve ter por ali: páginas lentas, de difícil navegação e com informações incompletas ou mesmo erradas. Mas como evitar tudo isso? Como criar a experiência perfeita para o visitante que acessa sua loja virtual?

Simples! Pesquise não apenas sobre o público do site como também sobre quais são seus hábitos de navegação e até o que esses possíveis consumidores mais procuram na internet. Além disso invista nos testes A/B, evite cadastros longos para a finalização da compra, produza conteúdos que contribuam para o fechamento da compra e se seu site estiver muito lento, considere a possibilidade da falha não estar no código, mas sim no servidor que hospeda tudo isso.

Apesar da compra pela internet não ser uma novidade, ainda existem muitas marcas que cometem diversos erros ao tentar vender seus produtos e serviços no ambiente digital. E muitos desses erros acontecem por não levarem em consideração a experiência que o usuário precisa ter com um site antes de aceitar pagar por tudo que colocou em seu carrinho virtual.

Hoje, mais importante do que ter uma loja virtual é ter uma loja online tão fácil de ser acessada e navegada quanto uma loja física. Afinal, não é isso que os e-commerces sempre prometeram: experiências de compra que sejam melhores e mais cômodas que aquelas do mundo real? Fique atento e invista tempo para aprimorar o seu negócio.

Viu como é importante cuidar do UX do seu e-commerce? Mas se você ainda não estiver convencido a levar a sério esse lado do planejamento digital, é melhor conferir o nosso e-book “Guia de UX para aumentar as conversões do e-commerce”. Nele, mostramos alguns dos principais motivos que levam um usuário a abandonar o carrinho de compra nas lojas virtuais e como o UX pode ajudar a resolver essa questão.

e-book "Guia de UX para aumentar a conversão do seu e-commerce

Comentários