Por laercionicolau

O último trimestre do ano é sempre bastante movimentado no comércio, atingindo seu ponto alto com as vendas de Natal. Como falta bem pouquinho para o fim, você certamente está se preparando para fazer sucesso, certo? Pensando nisso, selecionamos aqui algumas dicas para você aumentar as vendas e fazer um pé-de-meia para a próxima empreitada. Mas fique atento: é preciso agir rápido, colocando logo essas sugestões em prática, porque a concorrência pode inclusive já ter lido este post! Preparado para a largada?

Coloque o estoque em dia

Para vender mais, o estoque deve estar com capacidade máxima. Afinal, você quer entregar os produtos no menor tempo possível para o consumidor, não é mesmo? Os cuidados básicos você certamente já conhece, como deixar os produtos com maior saída na frente, manter o inventário em dia e informatizar o sistema de gestão. O que queremos ressaltar aqui está relacionado ao abastecimento.

Avalie seu histórico de vendas em outros anos, ao mesmo tempo em que pesquisa quais são os produtos mais buscados pelos consumidores este ano. A ideia é ter exatamente aquilo que o consumidor precisa — e, por isso, vai comprar. Nada a mais nem nada a menos. Dessa forma, você consegue economizar nos gastos e maximizar os lucros!

gif-acidente-empilhadeira

Alinhe toda a logística

Já existe um consenso entre os consumidores que compras de final de ano feitas no e-commerce tendem a atrasar. E não importa de quem é a culpa: se da sua loja virtual, ao demorar na separação e no envio, ou da transportadora, que promete mais do que consegue cumprir. No fim das contas, o resultado é o mesmo: o consumidor acaba insatisfeito e quem já passou por essa situação fica ressabiado em passar de novo.

Para não perder clientes por esse motivo, procure fazer boas parcerias no setor de transporte e capacite sua equipe para que os colaboradores sejam mais ágeis nesse momento. Reforçar o time também é válido, já que a demanda costuma aumentar bastante nas vendas de final de ano.

Otimize seus processos

É hora de mostrar que seu e-commerce pode surpreender os consumidores com compras rápidas e entregas dentro do prazo, mesmo com toda a correria do final do ano. Para isso, a aquisição de tecnologias é fundamental. Então nada de pensar nesse processo como gasto, mas sim como investimento. Acredite: a recompensa virá na forma de mais vendas.

Adquira ferramentas de pagamento consistentes e seguras, otimize o relacionamento com os clientes com plataformas de comunicação integrada, mantenha o estoque ágil com uma boa solução de gestão e torne sua logística mais inteligente por meio de sistemas de mapeamento e distribuição de mercadorias.

Torne sua gestão mais eficaz ao usar um software ERP (Enterprise Resource Planning) e controle seu financeiro de perto com a ajuda de soluções personalizadas para o e-commerce. Use a conciliação de pagamentos como forma de manter os recebimentos sob controle e capacite sua equipe para entrar nessa com você.

Capriche nos preços

Não confunda: querer vender mais não é sinônimo de baixar os preços de forma a comprometer sua lucratividade. Na verdade, para vender mais é preciso pensar com inteligência, equilibrando a margem de lucro de acordo com a categoria e o valor de cada produto.

Você pode vender um perfume de 100 reais e uma televisão de 1.000, por exemplo. O detalhe é que aplicar a mesma margem de lucro para os 2 produtos nem sempre é a melhor escolha. Que tal aplicar uma margem de lucro maior nos produtos de menor custo e uma margem de lucro menor nos produtos de maior valor? Isso ajudará a manter os preços mais atrativos que os da concorrência.

Outra alternativa é usar ferramentas de precificação dinâmica, que ajudam a monitorar os preços dos concorrentes e atualizar os seus conforme suas possibilidades, tudo visando garantir mais competitividade. Note que fazer esse monitoramento manualmente pode demandar muito tempo e, ainda assim, mostrar-se um método falho pela incapacidade de olhar para todas as variáveis que compõem o seu preço e o dos concorrentes.

giphy-1

Prepare uma vitrine chamativa

Quando um consumidor chega até um e-commerce, além do produto específico que está buscando, também dá aquela olhadinha nas ofertas em destaque. Pode até ser que ele não compre nada naquele instante, mas se sua vitrine chamar a atenção, ele pode sim voltar depois. Por isso, vale selecionar um mix de produtos variado e de alta procura para montar a home da sua loja virtual.

Aposte em fotos de qualidade, com giro em 360º e, quem sabe, alguns vídeos de apresentação. Dê destaque ao preço e às opções de parcelamento, especialmente para os produtos de maior valor. Deixe o botão comprar evidente e capriche na chamada para a ação, criando um senso de urgência no usuário.

olhando-vitrine

Estimule as compras antecipadas

Aqueles últimos dias que antecedem o Natal costumam deixar os consumidores em êxtase. Isso normalmente acontece porque boa parte deixa as compras para a última hora, o que causa uma série de divergências no processo. Nesses casos, entre a aprovação do pagamento e a efetiva entrega, praticamente tudo pode acontecer — inclusive os atrasos.

Uma forma de evitar essa situação é motivar seus consumidores a anteciparem suas compras. Como muitos esperam o fechamento da fatura do cartão de crédito, dê um prazo maior para o pagamento, inclusive no boleto bancário. Ofereça mais opções de parcelamento e os tranquilize quanto à entrega. Ofereça incentivos para quem comprar com antecipação. Podem ser brindes, cupons de desconto, troca gratuita, logística reversa e embalagem para presente. Tudo é válido. Encontre algo que seja valioso para sua audiência nesse momento e monte sua estratégia de persuasão!

Faça promoções criativas

As promoções conquistam os clientes mais facilmente e contribuem para aumentar as vendas de final de ano. O problema é que todos os lojistas (tanto online como offline) sabem disso. Então como se destacar? Simples: usando a criatividade!

Crie kits de produtos ou dê descontos na compra da segunda ou terceira unidade. Monte cestas de Natal que sirvam para toda a família e ofereça de brinde a personalização de algum item — como uma caneca, uma barra de chocolate ou um chaveiro. Também vale tornar suas promoções mais visíveis, pedindo a seus leads e clientes que compartilhem uma imagem nasredes sociais ou usem uma hashtag para concorrer a prêmios.

gateway ou intermediador de pagamentos

Use o marketing digital a seu favor

Não tem nem como discutir: uma loja virtual que não possui estratégias de marketing digital está fadada ao esquecimento. Afinal, quem não é visto não é lembrado, certo? Isso não significa, porém, que você deve colocar todo o seu orçamento no marketing. O ideal, na verdade, é escolher as estratégias certas para aumentar as vendas.

Se você trabalhou bem o inbound marketing ao longo do ano todo, está na vantagem, pois já possui uma audiência fiel. Se não acreditou no poder do marketing de entrada, porém, ele possivelmente não trará os resultados esperados de última hora. Afinal, é preciso desenvolver um relacionamento com os leads antes de partir para a oferta de valor.

Para quem confiou no inbound, é o momento de reforçar a comunicação via email marketing e SMS, 2 formas bastante diretas e assertivas de abordar uma audiência qualificada. A interação via redes sociais também deve estar a todo vapor, para que seus posts fiquem no topo da timeline dos usuários e, assim, você ganhe mais visibilidade.

Não investiu em inbound? Parta para o plano B: os links patrocinados. Eles são vitais para uma estratégia de vendas que busca resultados rápidos. Selecione seu time campeão de produtos e crie campanhas de anúncios para cada um deles.

Apesar de o Facebook ser uma excelente ferramenta para dar visibilidade a uma marca, as vendas acontecem mesmo a partir dos motores de busca. Portanto, o Google AdWords deve ser seu foco. Coloque seus produtos no Google Shopping e se inscreva em sites de comparação de preços, uma vez que essas plataformas são bastante buscadas pelos consumidores na hora de avaliar a relação entre custo e benefício.

Aposte pesado no mobile

Nem sempre o consumidor está na frente do computador quando surge aquela curiosidade para pesquisar o preço ou conhecer as características de determinado produto. E ele certamente não esperará chegar em casa ou no trabalho para fazê-lo. O smartphone está aí para isso mesmo: dar conforto e comodidade a quem quer buscar qualquer tipo de informação na internet e (por que não?) realizar uma compra de imediato.

Então aproveite o impulso momentâneo dos consumidores para aumentar as vendas investindo em um site mobile. Se você já tem um, faça uma análise do que pode ser otimizado para que a experiência do consumidor seja ainda mais fácil e assertiva. Botões, links, fotos, CTAs: tudo pode ser testado para melhorar ainda mais a percepção positiva que você já imprime nos seus consumidores.

Outra possibilidade é investir em aplicativos de vendas ou ainda colocar seus produtos em marketplaces que já possuem sites otimizados para o mobile. Tudo é válido para não perder nenhum cliente neste final de ano!

tumblr_inline_ns3tsy7ucb1tqem84_500

Continue firme depois do Natal

Pode acreditar: vendas de final de ano não acabam no Natal. Você pode elevar sua rentabilidade apostando em ofertas especiais após essa data! De fato, muitos consumidores já perceberam que boas ofertas sempre surgem no período pós-festas, o que pode se tornar um diferencial para seu e-commerce.

Nesse momento, os produtos que ficarem em estoque devem receber uma repaginada, tanto no que se refere às imagens quanto aos preços. Verifique o que pode atrair a atenção dos consumidores que não ficaram satisfeitos com os presentes de Natal e ainda estão em busca de algo novo — como roupas para passar o réveillon.

tumblr_inline_nzq7tdnot11s9clfh_500

 

 

 

Comentários