Por William Franklin

Administrar as finanças de qualquer e-commerce é um trabalho bastante complexo, que envolve desde o planejamento de ações de marketing e vendas para aumentar as conversões, passando por uma presença digital forte para conquistar cada vez mais clientes até chegar a um bom controle do fluxo de caixa para manter as finanças em dia. Ainda não entende por que esse último fator é tão importante e como efetivamente administrar as finanças do seu e-commerce? Não se preocupe, pois daremos uma mãozinha com as dicas deste post!

Antes de mais nada, já podemos adiantar que o fluxo de caixa consiste no controle preciso de todo o dinheiro que entra e sai da sua empresa, dando a noção exata de como os recursos vêm sendo usados e ajudando no planejamento de gastos futuros. Logo, é indispensável para a boa gestão financeira e para a saúde do empreendimento como um todo. Vamos por partes então? Veja só:

Quais são os principais desafios do e-commerce?

Naturalmente, o mercado e-commerce apresenta alguns desafios específicos para o fluxo de caixa aos quais você deve se manter sempre atento. Confira quais são e já vá pensando em como lidar com eles de agora em diante:

Recebimento parcelado

Se por um lado o parcelamento das compras é um grande facilitador na hora de vender, uma vez que muitos consumidores não têm condições de comprar à vista (especialmente itens mais caros), por outro, o comerciante demora mais para receber o pagamento. Por isso, deve ficar extremamente atento a fim de conseguir conciliar tais ciclos de recebimento com as despesas.

Gestão do estoque

estoque é uma peça importantíssima na hora de administrar as finanças de um e-commerce, já que, no fim das contas, representa dinheiro parado. Com isso em mente, não é difícil chegar à conclusão de que, caso não seja bem administrado, o estoque pode impedir investimentos em ações mais lucrativas, segurando a inovação e o progresso da loja.

Acompanhamento diário

Guarde desde já que o acompanhamento do fluxo de caixa não deve ser uma tarefa sazonal, mas sim diária. O problema é que, com tantas atribuições importantes e o dinamismo que se exige ao operar um empreendimento digital, essa incumbência pode parecer complicada demais, acabando por ficar para trás.

Como administrar as finanças com sucesso?

Os desafios existem, é verdade, mas algumas medidas simples podem resolver (ou ao menos simplificar) boa parte dos problemas citados. Fique ligado nas dicas que separamos:

Controle as contas a pagar e a receber

Ao sincronizar as datas de vencimento das despesas com os rendimentos que ainda tem a receber, você terá condições de prever qualquer problema de falta de capital. Com essa análise em mãos, passa a ser possível remanejar o que for preciso com antecedência, evitando dessa forma muitas dores de cabeça.

Antecipe o recebimento pelas vendas

Antecipar o recebimento pelas vendas também é uma medida bem prática que pode simplificar bastante seu trabalho. Quer saber como fazer isso? Escolhendo a melhor solução de pagamento para sua loja! Em vez dos tradicionais 30 dias para compras à vista no cartão de crédito, algumas empresas adiantam esse prazo para até 14 dias em qualquer método de pagamento, sabia?

Planeje cada mínimo passo do negócio

Por acompanhar de perto detalhes como a quantia de dinheiro parado no estoque, quais produtos devem ser retirados do catálogo por falta de saída e como categorizar suas despesas e investimentos para saber exatamente onde cada centavo está indo, você conseguirá planejar melhor suas próximas ações. Fará novos investimentos ou algum tipo de reserva para períodos difíceis? Acompanhando tudo de pertinho saberá responder a essas e tantas outras perguntas!

Viu como controlar o fluxo de caixa de um e-commerce é tão essencial para que ele se mantenha saudável quanto apostar no marketing ou investir nas vendas? Pois agora que já sabe como administrar as finanças da sua loja e planejar os próximos passos para garantir bons resultados, comente e nos conte: como você tem controlado o fluxo de caixa do seu e-commerce? De que forma pretende usar nossas dicas para ajudá-lo? Participe!

como montar um plano de negócio

Comentários