Por Amauri Moura

Já notou que ramos de atividades diferentes possuem jargões bem específicos, que podem acabar deixando quem não é da área extremamente confuso? Em muitos casos, esses termos acabam sendo importados do inglês e sendo mais usados na língua estrangeira do que sua respectiva referência em português, o que pode complicar ainda mais o entendimento, dessa vez até mesmo para quem é da área, mas não domina o idioma. Pois com o universo do e-commerce isso não seria diferente! Pensando exatamente nessas dificuldades, decidimos criar aqui uma listinha com alguns termos de e-commerce mais usados, explicando brevemente suas definições. Quer aprender mais sobre o assunto? Então continue acompanhando:

Back Office

É um módulo de gestão que não só identifica como permite o gerenciamento dos processos da loja virtual, envolvendo desde o cadastro dos clientes até o controle das entregas.

Business to Business (B2B)

Pode ser traduzido literalmente como de empresa para empresa, referindo-se a negociações que são realizadas apenas entre empresas.

Business to Consumer (B2C)

Já esse dá até para adivinhar agora, certo? Traduzido como de empresa para consumidores, refere-se a negociações que são realizadas entre empresas e consumidores finais.

Chargeback

Esse termo representa o cancelamento de determinada compra efetuada por meio de cartão, o que acontece quando o titular não reconhece a compra — por motivo de fraude, por exemplo. Nesse caso, a empresa entrega o produto, mas não recebe o valor referente àquela venda.banner-face-chargeback

Cross-selling

É o termo usado para se referir a uma estratégia de marketing que consiste em oferecer aos clientes um produto complementar ao que foi ou está sendo adquirido.

Enterprise Resource Planning (ERP)

É um sistema de gestão empresarial que integra todos os dados e processos de uma empresa em apenas um software — que vão desde a negociação da compra até a baixa do comprovante de entrega, passando por rotinas financeiras e de vendas, além de incluir também processos da área de RH. Esse sistema contribui enormemente para uma gestão mais assertiva da empresa.

Gateway de pagamento

É o sistema responsável por realizar a comunicação entre o e-commerce e as operadoras de pagamento, responsáveis pelas plataformas de recebimentos referentes aos valores das vendas efetuadas.

TEMPLATE-OPTINMONSTER

Google AdWords

Refere-se à ferramenta disponibilizada pela Google que tem como objetivo gerar mais tráfego para a loja virtual por meio de palavras-chave estratégicas, que ajudarão a identificar seu negócio, e links patrocinados, também conhecidos como anúncios.

Google Analytics

Outra ferramenta disponibilizada pela Google, mas que oferece análise de dados para o acompanhamento de visitantes, conversões e tantas outras métricas relativas às lojas virtuais.

Design Responsivo

Características do site que fazem com que ele se adapte automaticamente ao tamanho das telas dos dispositivos usados para acesso — o que inclui smartphones, tablets ou notebooks, por exemplo.

M-commerce

Esse termo denomina a loja virtual que é acessada por algum dispositivo mobile, seja ele qual for.

Search Engine Optimization (SEO)

A otimização para buscadores se refere a estratégias que buscam aprimorar a imagem de um site no ranking dos principais motores de busca, fazendo com que ele seja fácil e organicamente encontrado.

Secure Sockets Layer (SSL)

Camada de conexão segura, o SSL consiste em protocolos criptografados que oferecem segurança na transferência de dados pela internet.

Up-selling

Outro termo que se refere à estratégia de marketing. O up-selling consiste na oferta de um produto ou serviço de qualidade superior ou em maior quantidade do que o que já está sendo adquirido pelo cliente.

Como neste post abordamos apenas alguns dos termos de e-commerce mais frequentemente usados, que tal deixar aqui seu comentário para nos sugerir outras palavras ou termos que acha que também deveriam entrar nessa lista? Compartilhe suas opiniões e seus conhecimentos conosco e participe da conversa!

Comentários

  • Que tal criar um glossário de termos mais utilizados para aqueles que estão inciando no meio? Seria interessante e pode ajudar a trazer tráfego e leads pro MOIP.

    • Olá Carlos,
      Muito boa a sua sugestão! Com certeza a levaremos em conta em nossas futuras publicações 🙂